Caution: JavaScript execution is disabled in your browser or for this website. You may not be able to answer all questions in this survey. Please, verify your browser parameters.

FORMULÁRIO DE NOTIFICAÇÃO DE INFECÇÕES E EVENTOS ADVERSOS RELACIONADOS À ASSISTÊNCIA: HOSPITAIS DE CAMPANHA E DEMAIS ESTRUTURAS PROVISÓRIAS - COVID- 19

 

 

A construção e funcionamento dos Hospitais de Campanha e outras estruturas provisórias de caráter emergencial para atendimento a pacientes durante o enfrentamento da pandemia de COVID-19 envolve uma série de adaptações e ações extraordinárias, que se não forem geridas adequadamente, podem aumentar os riscos de eventos danosos para os pacientes e trabalhadores. Considerando que o número de pacientes que podem sofrer danos ao receber assistência à saúde pode ser maior nessas estruturas provisórias, em relação ao número de eventos estimados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para hospitais em situações ordinárias. Considerando o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP), as normativas e as orientações sanitárias que visam à segurança do paciente, a Anvisa recomenda que os hospitais de campanha e demais estruturas provisórias implementem as diretrizes de segurança do paciente. A Nota técnica GVIMS / GGTES / Anvisa Nº 08/2020 contém orientações gerais para implantação das práticas de segurança do paciente nesses hospitais de campanha e estruturas provisórias destinadas a atender pacientes acometidos pela COVID-19 em seus diversos níveis de complexidade ou pacientes com outras patologias, que possam ser destacados para essas unidades. Os eventos adversos, bem como os surtos infecciosos devem ser monitorados nesses locais, a fim de que os pacientes recebam cuidado qualificado pela equipe assistencial. Para isso, a GVIMS / GGTES / Anvisa elaborou um instrumento simplificado para notificação dos eventos adversos graves e aqueles que resultaram em óbito, bem como os never events / eventos sentinela/ catastróficos e prováveis surtos, que deve ser preenchido pelos hospitais de campanha e demais estruturas provisórias, na ocorrência desses agravos.

Quem deve notificar?

Equipes de segurança do paciente dos hospitais de campanha e demais estruturas provisórias para atendimento a pacientes.

O que notificar?

  Todos os eventos adversos GRAVES, incluindo never events (eventos sentinela / catastróficos), os óbitos decorrentes de eventos adversos e os possíveis surtos infecciosos ocorridos nos hospitais de campanha e demais estruturas provisórias para atendimento aos pacientes.

Quando notificar?

Até 72h após a ocorrência do evento adverso.

Como notificar?

1. Este formulário permite o preenchimento parcial dos dados, ou seja, o respondente pode preencher alguns itens e depois retornar ao formulário para continuar o preenchimento. Para isso, basta clicar no botão RETOMAR MAIS TARDE para salvar as informações já inseridas.

2. Para enviar o Formulário preenchido para a Anvisa, basta clicar no botão ENVIAR. Mas, ATENÇÃO! Após clicar no botão ENVIAR, o formulário preenchido não poderá mais ser alterado. Desta forma, orientamos que utilize o botão RETOMAR MAIS TARDE para salvar as informações inseridas e só clique no botão ENVIAR quando não houver mais nenhuma informação a ser acrescentada.

3. O responsável pelo preenchimento do formulário deve clicar no botão ENVIAR, no final da página, para que os dados possam ser inseridos no banco de dados nacional. Deve-se respeitar as indicações de campos obrigatórios (*). 

5. Caso o serviço de saúde precise alterar alguma informação em um formulário já enviado (quando já foi clicado no botão ENVIAR), será necessário preencher um NOVO formulário.

6. Imprima ou salve o arquivo da notificação em PDF ou XML PDF, após o envio do formulário. Recomenda-se que o arquivo seja guardado pelo serviço de saúde para futuras consultas.

No caso de dúvidas sobre o Formulário, favor enviar e-mail para: gvims@anvisa.gov.br

Obs.: Não é necessário o envio deste formulário por e-mail ou pelo correio.

 

Ao notificar, atentar para as definições abaixo, que estão de acordo com a Nota Técnica GVIMS/GGTES/Anvisa n° 08/2020: 

Surto: aumento estatístico significativo de um determinado evento adverso, acima dos valores máximos esperados ou do limite superior endêmico, ou quando há a confirmação da ocorrência de um caso ou agregado de casos de infecção ou colonização por microrganismo que não havia sido anteriormente isolado no serviço de saúde.

Eventos Adversos Graves - são aqueles que após a sua ocorrência, requerem intervenções médicas/cirúrgicas maiores ou para salvar a vida do paciente, reduzindo a expectativa de vida do mesmo ou causando danos permanentes ou a longo prazo ou perda de função.

Óbitos resultantes de eventos adversos - são aqueles causados ou antecipados por esses eventos.

Never events - referem-se aos eventos sentinela ou catastróficos, que nunca deveriam ocorrer em serviços de saúde.

 

Gerência de Vigilância e Monitoramento em Serviços de Saúde - GVIMS

Gerência de Tecnologia em Serviços de Saúde - GGTES

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa

gvims@anvisa.gov.br

Dados do Notificador
(This question is mandatory)
Nome completo do responsável pela notificação:
Informar o nome completo do profissional responsável pela notificação.
(This question is mandatory)

E-mail para contato:

Informar o e-mail de contato do serviço no seguinte formato com @ e pontos: hospital@provedor.com.br

Informar o e-mail de contato do serviço. Ex.: ccih@provedor.com.br
(This question is mandatory)
Estado:
(This question is mandatory)
Município:
Não abreviar e não utilizar vírgulas nas respostas.
(This question is mandatory)
Endereço completo do hospital de campanha/estrutura provisória:
Não abreviar e não utilizar vírgulas nas respostas.
(This question is mandatory)

Cep: 

Informar o CEP do serviço no seguinte formato XXXXX-XXX

(This question is mandatory)
Qual a vinculação do Hospital de Campanha:
EVENTOS A SEREM NOTIFICADOS
(This question is mandatory)
Qual é o evento adverso que você gostaria de notificar?
(This question is mandatory)
O evento adverso que está notificando: 
SURTO
(This question is mandatory)
Data provável do início do surto:
Abrir seletor de data/horário
Provável 1º caso.
(This question is mandatory)
Provável classificação do surto:
(This question is mandatory)
Número de casos suspeitos:
(This question is mandatory)
Número de casos confirmados:
Informar o número de casos confirmados laboratorialmente.
(This question is mandatory)
Número de expostos:
(This question is mandatory)
Número de óbitos relacionados ao surto:
Informar número de óbitos totais - suspeito+confirmado. Se não houve óbito, colocar 0
(This question is mandatory)
Microrganismo(s) envolvido(s):
(This question is mandatory)
Especifique:
Especifique o(s) microorganismo(s) envolvidos(s).
(This question is mandatory)
Qual(is) o(s) principal(is) sítio/ topografia(s) de vigilância?
(This question is mandatory)
Especifique:
Especifique o sítio/topografia.
(This question is mandatory)
L. Detecção de resistência microbiana?
(This question is mandatory)
Principal Unidade envolvida:
(This question is mandatory)
Situacao atual do surto na data desta notificação:
Indicar a situação geral da investigação.
EVENTO ADVERSO
(This question is mandatory)
Tipo de Evento Adverso GRAVE relacionado à assistência à saúde:
(This question is mandatory)

Informe o tipo de evento adverso relacionado a atividades administrativas que resultou em lesão grave ao paciente:

(This question is mandatory)
Informe o tipo de falha na identificação do paciente:
(This question is mandatory)
Informe o tipo de acidente ao paciente:
(This question is mandatory)

Informe o tipo de queda do paciente:

(This question is mandatory)

Informe o tipo de evento adverso ocorrido durante procedimento cirúrgico:

(This question is mandatory)

Em caso de Óbitos ou Never events / Evento sentinela / Evento catastrófico, especifique qual evento ocorreu:

(This question is mandatory)

O óbito ou lesão grave está relacionada ao never event em procedimento cirúrgico:

Consequências para o Paciente
(This question is mandatory)
Grau do dano:
Características do Paciente
(This question is mandatory)
Gênero:
(This question is mandatory)
Idade:
(This question is mandatory)
Data de internação:
Abrir seletor de data/horário
(This question is mandatory)

Tipo de Procedimento:

(This question is mandatory)

Diagnóstico:

Informar o diagnóstico do paciente no momento da admissão no serviço de saúde.

Informações sobre o Evento Adverso
(This question is mandatory)

Data do evento adverso:

Abrir seletor de data/horário
Informar a data que ocorreu o incidente dentro do serviço de saúde.
(This question is mandatory)

Em qual fase da assistência ocorreu o evento adverso:

(This question is mandatory)

Em que período ocorreu o incidente ou evento adverso:

(This question is mandatory)

Como foi identificado o incidente/evento adverso:

Ações de melhoria para reduzir o risco e mitigar o dano
(This question is mandatory)

Ações de melhoria para reduzir o risco e mitigar o dano relacionadas ao paciente:

(This question is mandatory)

Ações de melhoria para reduzir o risco e mitigar o dano relacionadas à instituição:

(This question is mandatory)
Especifique:

Especifique outras ações de melhoria adotadas para reduzir o risco e mitigar o dano relacionadas à instituição.